Astransp

Responsabilidade Socioambiental

Ações sociais

A programação das ações de responsabilidade social da Astransp acontece durante todo o ano abrangendo vários setores da sociedade. A arrecadação de alimentos ultrapassa uma tonelada anualmente. Roupas, agasalhos e cobertores são recolhidos antes do inverno e doados a abrigos de idosos e crianças. As crianças têm atenção especial com a doação de brinquedos todo ano, arrecadados também junto a funcionários e seus familiares. A política da Astransp para o setor incentiva o envolvimento das empresas e seus colaboradores, disseminando a preocupação com a solidariedade e a participação na comunidade. As empresas que mais se envolvem nas ações propostas são premiadas a cada ano e ganham o reconhecimento de todo o sistema.

Astransp beneficia estudantes com doação de kits escolares

Em 2012, cerca de 50 crianças, entre 6 e 14 anos, foram beneficiadas com a entrega de um super kit escolar no final de janeiro. Em parceria com a Associação Pró-Melhoramentos de Moradores, Posseiros e Amigos dos Bairros JK, Parque Burnier e Jardim da Lua, a Astransp atendeu a uma solicitação das lideranças, visando garantir o início do ano escolar de um grupo de crianças da região. Funcionários da Astransp fizeram a entrega na sede da associação de moradores, surpreendendo as crianças pela quantidade de materiais e qualidade da mochila. As crianças, distribuídas em duas faixas etárias do 1º ao 9º do ensino fundamental, receberam mochila com cadernos tipo brochura ou espiral com 10 matérias, além de estojo, com lápis, borracha, tesoura, cola, régua e conjunto de lápis de cor.

Doação de agasalhos e alimentos

Tradicionalmente, todo ano, funcionários e empresas do transporte coletivo arrecadam agasalhos e alimentos para doação. Mas desde 2012, a Astransp dedica uma tarde inteira para uma das ações mais recompensadoras dentro de seu programa de responsabilidade social. A cada ano, antes do inverno, cerca de 40 famílias recebem donativos diretamente das mãos de motoristas, cobradores e funcionários administrativos da Associação e das empresas. Um grupo de profissionais do sistema de transporte coletivo vai até as comunidades carentes, previamente selecionadas, para entregar os kits - montados com uma cesta básica, cobertores e uma sacola de roupas - doados por eles e pelos colegas de trabalho. A escolha das regiões atendidas é definida em parceria com a UNIJUF - União Juizforana de Associações Comunitárias de Bairros e Distritos, que identifica e cadastra as famílias a serem beneficiadas, em geral, pessoas que não estejam inscritas em outros projetos filantrópicos. Em 2013, a doação aconteceu em junho.

Profissionais da Astransp avaliaram que o novo formato é mais real e mais solidário. Os funcionários não doam simplesmente o que não precisam. Aqueles que veem de perto a situação de extrema miséria em que algumas comunidades vivem têm a oportunidade de relatar aos colegas e mudar de atitude. Isso caracteriza ainda mais o objetivo do projeto social da Associação: despertar a responsabilidade de cada um como cidadão.

Mês da criança tem ação especial

Em outubro, a Astransp sempre comemora o Dia das Crianças com doação de brinquedos arrecadados pelos funcionários das empresas do sistema de transporte e da Associação. A exemplo da entrega das doações de agasalhos e alimentos, a distribuição passou a ser feita pelos próprios funcionários, com representantes de cada viação e da Associação.

O último evento, de 2012, aconteceu no SESC Pousada, no bairro Novo Horizonte e foi organizado novamente com apoio da Unijuf, que escolheu uma entidade da cidade para participar da ação. O objetivo foi garantir oportunidade a crianças que raramente têm a chance de passar um dia diferente, de desfrutar de recreação, incrementada com lanche e doação de brinquedos. Desta vez, o beneficiado foi o Projeto Desafio, que atua na Vila Santa Terezinha (antiga Favela do Rato), no bairro de mesmo nome. A entidade, que assiste jovens e crianças fora do período escolar, oferece aulas de reforço e auxilia na minimização de riscos sociais, que afetam famílias com vulnerabilidades sócio-econômicas.

Antes da festa organizada pelos próprios funcionários, houve uma visita guiada pelos diversos ambientes do SESC. Todos puderam desfrutar do salão de jogos, receberam um lanche com cachorro-quente, refrigerante, além de pipoca e algodão-doce feitos pelos profissionais da Astransp. Uma recepcionista e um motorista da Associação, vestidos de palhaços, animaram ainda mais a entrega dos brinquedos.

Natal Solidário - Sistema Apoio

Todo final de ano, os funcionários da Astransp se mobilizaram em torno do Natal Solidário do Sistema Apoio e garantem a doação de brinquedos para crianças que utilizam o serviço. A entrega dos presentes é feita por um motorista vestido de Papai Noel, num dos carros do Apoio enfeitado com motivos natalinos, e por uma equipe de funcionários da Astransp. Eles percorrem os roteiros mais frequentes do Sistema e fazem a festa com a criançada. Alguns adultos que usam o serviço com regularidade também recebem as doações.

O Natal Solidário integra o programa da responsabilidade social que norteia uma série de atividades desenvolvidas, durante todo o ano, pela Astransp e pelas empresas que atuam no serviço de transporte coletivo de Juiz de Fora. O projeto é voltado para as pessoas com dificuldade de mobilidade que necessitam do transporte porta-a-porta para consultas, tratamentos de saúde, acesso à escola e outros tipos de deslocamento. Atualmente, conta com uma frota de 15 veículos.

Meio Ambiente

A preocupação da Astransp com o meio ambiente, hoje, abrange todos os aspectos da operação do transporte coletivo. Antes de sair à rua, a frota é vistoriada. Pessoal de escritório, encarregados, eletricistas, mecânicos, uma equipe completa cuida de cada detalhe, como mandam os protocolos de manutenção e segurança no trabalho. A Astransp estimula as empresas a investirem também na garagem ecologicamente correta. Além da obrigatoriedade do tratamento de efluentes, todos os resíduos são destinados corretamente. Óleo queimado, sucatas, pneus, vidro e lâmpadas são recolhidos por empresas especializadas para reciclagem.Coleta seletiva de lixo, uso das toalhas industriais reutilizáveis, além do uso do óleo diesel metropolitano, menos poluente, são recomendações da Astransp às associadas. Tudo para evitar prejuízos à natureza.

Algumas empresas já instituíram projetos de visitas guiadas de escolas do seu entorno para mostrar aos cidadãos do futuro como funciona uma garagem ecológica e sua contribuição para evitar a degradação do meio ambiente.

Outro grande resultado ambiental realizado, via Astransp, foi a Bilhetagem Eletrônica promovendo o fim do vale de papel. O uso de cartões está diretamente ligado à questão ambiental. Com o Passe Fácil utilizado em todas as categorias de passageiros, Juiz de Fora deixou de consumir mais de 60 toneladas de papel, por ano, só com o tipo vale-transporte. O papel dos vales impressos, na transição para a Bilhetagem, já era totalmente reciclado, mas com o sistema eletrônico as vantagens ambientais são inquestionáveis: não será preciso gerar resíduos, emitir gás carbônico, nem consumir milhares de litros de água para a produção de bilhetes. Estes, além da rotina normal de produção, ainda exigiam processamentos especiais para cumprir os requisitos de segurança de papel moeda.

    Projeto Semana Verde

Lançado nas férias de inverno de 2011, o projeto da Astransp, que levou os filhos de funcionários ao Museu Mariano Procópio para uma visita ao parque histórico, foi um sucesso. Em 2012, o projeto evoluiu. Cerca de 200 crianças, acompanhadas de um grupo de pais, coloriram a Praça Cívica da UFJF, em junho. Os filhos de funcionários das empresas de transporte urbano participaram de atividades recreativas e educacionais, voltadas para o meio ambiente e focadas na utilização de material reciclável. Relacionando meio ambiente e trânsito, os melhores trabalhos foram premiados durante a Semana Nacional do Trânsito, na Astransp. O objetivo principal do Semana Verde é incentivar o interesse das crianças pela ecologia e envolver seus pais em ações de mudança de postura em relação ao aproveitamento de materiais, por exemplo. A edição da Semana Verde de 2013 aconteceu em 22 de junho, repetindo as parcerias de sucesso, as oficinas para os pais (tinta ecológica, óleo de cozinha e plantio de horta em pets), teve também o concurso de maquetes sobre trânsito e muito mais. O evento levou à UFJF cerca de 400 pessoas.   

Especiais

O sistema de liberação de ônibus especiais é outra forma da Astransp colocar em prática seu compromisso com Juiz de Fora. O apoio a eventos da comunidade deve ser justificado e seguir o processo e prazos de solicitação, mas seu principal objetivo é a promoção da saúde, cultura, esporte e lazer, além de apoiar ações de entidades, de órgãos oficiais, projetos sociais, de educação ambiental, esportivos, culturais e, periodicamente, programas essenciais para a sociedade. Exemplos importantes são as campanhas de multivacinação e de vacinação antirrábica, promovidas pelo poder público, além da participação ativa nos processo eleitorais em Juiz de Fora.

Vacinação antirrábica e multivacinação

A Astransp sempre cede veículos do Sistema Apoio para dar suporte logístico à campanha de vacinação antirrábica em Juiz de fora. Em 2012, seis carros com motoristas foram solicitados para o transporte da vacina e das equipes de trabalho até os postos montados na cidade, além de fazerem a rendição da equipe no intervalo para almoço ou para atender a qualquer necessidade eventual. Foram 106 pontos de vacinação espalhados por todo o município, funcionando das 8 às 16 horas. Em 2013, a Astransp deu suporte semelhante à vacinação antipólio, realizada pela Secretaria Municipal de Saúde. A participação ativa nas campanhas faz parte da política de responsabilidade social implementada pela Astransp.

Processos eleitorais

Em toda eleição, a Justiça Eleitoral conta com a Astransp, que destina ônibus das sete empresas de Juiz de Fora, para o apoio ao transporte das urnas e outros materiais, além de funcionários e voluntários que atuam no período eleitoral. Nos dois turnos da última eleição municipal, em 2012, foram solicitados 32 ônibus à Astransp. Os veículos percorrem 30 roteiros pré-determinados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), garantindo o suporte para cobrir todas as zonas eleitorais do município.

Campanhas de mobilização

Os ônibus também têm sido usados como veículos de informação. No vidro dianteiro, há muitos anos, já acontece o incentivo dos torcedores a participar de jogos dos times locais, em especial do Tupi, com a divulgação dos jogos. E desde a campanha da Semana do Trânsito de 2010 o poder público e a Astransp têm usado com mais frequência o espaço para convocações e mobilização.

No processo da inversão de fluxo, o adesivo no vidro dianteiro foi uma das principais ferramentas de sinalização para mostrar ao passageiro que na linha dele a roleta já tinha mudado e a porta de embarque passou a ser a dianteira. A inovação continuou sendo utilizada em campanhas do poder público, que contam com inteiro apoio das empresas, como foi o caso da ação de combate à Dengue e de Respeito à faixa de pedestres. Todos os ônibus circulam com cartazes ou adesivos que chamam a população para aderir às iniciativas com foco na cidadania.

Apoio a ações de Educação para o Trânsito

Capacitação e Reciclagem

A Astransp promove regularmente o curso de Capacitação e Reciclagem para motoristas, cobradores e fiscais. O treinamento busca o cumprimento da Lei 12.004/10 que prevê a capacitação dos profissionais do transporte público urbano em tratamento prioritário dispensado a idosos, gestantes, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e demais usuários do sistema. A reciclagem abrangeu todos os funcionários no ano em que iniciou sua vigência e, periodicamente, é realizada para capacitar os profissionais que ingressam no sistema.

A programação do curso tem um caráter bem humano, visando despertar e fortalecer nos trabalhadores a consciência do tratamento diferencial a ser dispensado a esses usuários. A capacitação proporciona dinâmicas que ampliam a discussão sobre o Estatuto do Idoso e o tratamento oferecido às pessoas com dificuldades de locomoção, atuando com parceiros como a AMAC e a ONG Somar Brasil.

Mecânica de saias e bermudas e Mecânica de Jaquetas

Educação e segurança são os temas dos projetos da Comissão Municipal de Segurança e Educação no Trânsito (Comset), que contam com a parceria a Astransp desde 2011. O "Mecânica de Jaquetas - Harmonia no Trânsito" teve sua primeira edição em 2012 e conta também com a participação de representantes das concessionárias Honda (Independência Motos). O objetivo do curso é trabalhar a conscientização dos motociclistas para um trânsito mais seguro e de qualidade. Questões como estatísticas e mecânica, direção defensiva, dicas de pilotagem e condução econômica são abordadas nas aulas. Num dos módulos, o ponto alto é a instrução de pilotagem por profissionais referenciados da Honda. O curso foi aberto, inicialmente, às empresas ligadas à Comset.

Já no Mecânica de Saias, Comset e Astransp contam com a parceria da Thema Veículos e os agentes de trânsito da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra). Na primeira edição, em 2011, o curso era voltado somente para as mulheres, mas, passando a se chamar Mecânica de Saias e Bermudas em 2012, abriu espaço também para os homens. Todos participam de aula sobre noções de comportamento no trânsito, legislação, mecânica e questões de segurança. Um módulo prático, para os interessados, dá uma noção básica sobre mecânica.

Selo de Responsabilidade Socioeducativa para o Trânsito

O Selo de Responsabilidade Socioeducativa para o Trânsito é uma iniciativa da Comset, em parceria com a Astransp, que reconhece as empresas preocupadas com as boas relações entre sociedade, trânsito e meio ambiente. Podem participar pessoas jurídicas de todos os portes, localizadas na Zona da Mata Mineira, com mais de um ano de funcionamento e que realizem ações socioeducativas voltadas para a melhoria no trânsito em Juiz de Fora. As candidatas precisam comprovar ações de responsabilidade socioeducativa no trânsito, elaborando e executando projetos com foco na redução dos acidentes, preservação do meio ambiente, destacando a responsabilidade de cada cidadão com as questões relacionadas ao trânsito. As empresas não concorrem entre si, elas precisam cumprir metas de pontuação para buscarem o reconhecimento, cujo primeiro resultado é divulgado em setembro, na Semana Nacional do Trânsito. O Selo chegou à segunda edição com o processo iniciado no período 2012-2013.

Concurso Cultural Olhar sobre rodas

A Astransp realiza pelo terceiro ano consecutivo o Concurso Cultural Olhar Sobre Rodas, incentivando uma relação mais próxima entre usuários e transporte coletivo. A edição 2012 ampliou as categorias e o ônibus continua sendo o protagonista de cada peça concorrente. Qualquer pessoa (exceto funcionários da Associação) pode se inscrever em um dos módulos, nas três categorias: o Olhar Literário premia os destaques nas modalidades prosa e poesia; o Olhar Artístico avalia as manifestações de pintura e colagem ou desenho. E o Olhar Fotográfico destaca as melhores fotos. Os trabalhos vencedores valem prêmios, além de ganharem destaque no site e na mídia local. Uma comissão julgadora, formada por entidades representativas da comunidade, é convidada para avaliar os trabalhos. A premiação acontece sempre na Semana Nacional do Trânsito, entre 18 e 25 de setembro. Confira o regulamento da atual edição do Olhar sobre Rodas no link www.astransp.com.br/concursocultural. Sua criatividade pode valer prêmios. Mostre como o ônibus faz parte da sua vida.

Semana Nacional de Trânsito

A Semana Nacional de Trânsito acontece todo ano entre 18 e 25 de setembro, com a promoção de eventos e projetos com foco na educação para o trânsito. A Astransp sempre participa ativamente de toda a programação. Em 2011 e 2012, a gerente de RH, Cláudia Ferreira, representando a Associação na condição de presidente da Comset (Comissão Municipal de Segurança e Educação para o Trânsito), comandou os trabalhos e ativou ainda mais a repercussão da Semana.

Em 2012, a Astransp foi parceira na promoção do Fórum Mineiro da Comset, do JF Games (evento de conscientização e promoção de esportes radicais urbanos) e da exposição realizada no Parque Halfeld, especialmente com o "Batepapo Coletivo" - que levou estudantes e idosos a debaterem os temas relativos ao trânsito dentro de um ônibus estacionado em pleno Parque Halfeld. As empresas do transporte coletivo cederam carros para o transporte em vários eventos relacionados: visita dos idosos à Transitolândia, da banda da PM e de alunos de escolas públicas que, pelo segundo ano, participaram de uma das ações de maior visibilidade da Semana: a "Arquibancada das Crianças" montada no cruzamento da avenida Rio Branco com rua Halfeld, que chamava a atenção de motoristas desatentos ou aplaudia os que respeitam as leis de trânsito.

Outra ação que ganhou o apoio da Astransp foi o lançamento da campanha "Respeito à faixa. Respeito à vida" / "Pedestre: eu respeito!". Todos os coletivos circularam com o tema da campanha no vidro dianteiro, durante o mês de setembro.

A programação da Semana do Trânsito 2013 já está sendo preparada pelos membros da Comset com apoio total da Astransp. Em breve o site da Associação divulga as atrações deste ano. 

Busca por linhas

Selecione uma das opções e digite o número, nome ou itinerário da linha.


Rua Espírito Santo, 296 | 36020-000 | Juiz de Fora | MG | Fone: (32) 3228 9700 - Fax: (32) 3228 9707

Handcom Agência Digital